sexta-feira, 3 de abril de 2009

Abr. 02 - Casa cheia e empate quádruplo

Ontem mesmo com o dilúvio que caiu à de tardinha aqui no Rio rolou um Calabouço com casa cheia, três mesas animadas onde rolou de tudo um pouco.

Quando eu cheguei Arthur e Rocco estavam numa disputada partida de D&D Miniatures e Americano e um outro cara (que eu não lembro o nome) estavam jogando o World of Warcraft TCG o Fel e o Zé estavam de bobeira então puxamos para "esquentar" um Castle for all Seasons.


Casa cheia mesmo com o chuvareu.

Esse jogo tem visto bastante mesa nas jogatinas, muito pela velocidade dele e pela fator dele ser muito "gostoso" de jogar, e embora a impressão da baixa rejogabilidade ainda estar no ar, acho que ele ainda tem algum gás antes de ir para os "classificados do Fel".

Na partida eu tentei construir e aproveitar meu mestre de obras para ganhar ponto dos outros, mas fiz umas jogadas de cartas bem ruins que travaram muito minha partida, o Fel atacou de pontos das casas, que se mostrou uma estratégia vencedora dessa vez, com o Zé nas torres em segundo e eu com alguns pontinhos à mais na prata em último.


Castle for all Seasons já no final.

Depois disso o Bouzada já tinha chegado e ele conseguiu nos convencer a jogar o GOA. Esse foi um dos primeiros jogos que eu conheci, mas justo por isso ainda não tinha jogado (afinal pra quem só tinha jogado Catan ouvir as regras do GOA já cansa), mas o jogo é bacana.

Esse é um jogo onde você a cada rodada participa de um leilão onde aparecem vários tiles que servem entre outras coisas para conseguir esperciarias, colonos e navios que vão servir para você avançar num quadro de melhorias e com isso ganhar pontos de vitória. Outra forma de conseguir esses pontos são com as descobertas de novos mundos (que também servem para você conseguir mais produtos).


O tabuleiro central onde rolam os leilões do GOA.

O Bouzada sabia o "caminho das pedras" e acabou ganhando com uma diferença de mais de 20 pontos para mim e o Zé que ficamos em segundo, o Fel ficou pouca coisa atrás em último.

Para terminar a noite "gamer" (já que nas outras mesas rolavam animadas partidas de Palavras Cruzadas e Perfil) puxamos um Dominion.

Juntos na mesa deviam ter mais de 300 partidas então era pra ser um jogo bem equilibrado, optamos por um setup onde cada jogador escolheria duas cartas e as duas últimas seriam sorteadas, então cada um tentou "puxar a sardinha" pro seu lado e pensar nas combos em que jogam melhor.


O setup inicial da partida de Dominion.

A partida foi mais demorada que a de costume pois a grana não estava rolando como devia, e com a "garden" na mesa isso é meio prato cheio, e eu tentei tirar proveito disso ao máximo comprando a maioria. O resto da galera conseguiu comprar pontos de outra maneira.

Jogo terminado com 3 pilhas exauridas, contagem de pontos e os quatro fecharam com 39 pontos, nas mais de 300 partidas contabilizadas isso nunca tinha acontecido, mas mostrou o equilíbrio (se não tiver um "chapel" na mesa) entre o povo. No desempate Bouzada/Fel em primeiro e eu/Zé em segundo.

2 comentários:

Fel disse...

Na verdade, 600 partidas

320 minha 200 do bouzada, 50 suas 30 do zé.

E faltou o meu "de lavada" no All Seasons, pelo menos c compensou com "um pouquinho atrás em último".

Realmente, foi show de bola o Calabouço, mesas boas e partidas bem disputadas.

José Luiz disse...

então cada um tentou "puxar a sardinha" pro seu lado e pensar nas combos em que jogam melhor.

vamos ponderar isso aí...senão tinha entrado chapel e witch com certeza naquele deck! hehehehe partida memorável mesmo...
abraços!